O Cio da Terra

Debulhar o trigo Recolher cada bago do trigo Forjar no trigo o milagre do pão E se fartar de pão


Decepar a cana Recolher a garapa da cana Roubar da cana a doçura do mel Se lambuzar de mel


Afagar a terra Conhecer os desejos da terra Cio da terra, propícia estação E fecundar o chão


Milton Nascimento


14 visualizações0 comentário
 

Manoel de Barros

"Não gosto de palavra acostumada."

 
  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn

"Mais ternura, menos tolice". Carol Balarini @2020